08 abril, 2010

Errando o alvo!


Pergunta 14: Que é pecado?

Resposta: Pecado é qualquer falta de conformidade com a lei de Deus, ou qualquer transgressão desta lei.
Ref. Tg 2.10; 4.17; 1Jo 3.4.

“Pois qualquer que guarda toda a lei, mas tropeça em um só ponto, se torna culpado de todos.”

“E todo aquele que tem essa esperança em Cristo purifica-se a si mesmo, assim como Cristo é puro. Quem peca é culpado de quebrar a lei de Deus, porque o pecado é a quebra da lei.”

Pecado! Esta é a doutrina que a Assembléia de Westmisnter passa a explicar com esta pergunta, as próximas perguntas vão desenvolver este tema tão importante para o entendimento da condição humana e da salvação em Cristo ensinada na boa nova do evangelho!

E como eles o definem?

Pecado para eles é toda transgressão e toda falta de conformidade com a Lei de Deus. Pecado, pode ser definido como a violação da vontade revelada de Deus. Que se acha nas escrituras sagradas e que está gravada nos corações humanos por meio da revelação geral de Deus. O pecado atinge todos os seres humanos, em todas as regiões, em todas as épocas. Por que as Escrituras nos ensinam que todos pecaram e carecem da glória de Deus. O pecado então é um fenômeno universal.

Em que consiste o pecado?

O pecado é o desvio do propósito revelado de Deus para Suas criaturas. O propósito de Deus para Suas criaturas está revelado em suas leis e estas leis revelam sua natureza santa e gloriosa. E nisto esta a gravidade do pecado, todo pecado é uma ofensa a natureza santa de Deus, uma afronta a Sua glória! Por esta razão o pecado é tão repugnante para Deus. Ele é santo e exige santidade de todas as suas criaturas, e qualquer transgressão de sua lei será alvo de Sua ira eterna e justa.

Há esperança de purificação?

Só há esperança de purificação em Jesus Cristo. Pois, Ele é propiciação pelos nossos pecados, Ele é o nosso substituto. Através de Seu sangue podemos ter esperança de purificação. É através da pureza de Cristo que nós conseguiremos ser purificados dos nossos pecados. Louvado seja Deus por nos haver providenciado tal livramento! Soli Deo Glória.

Manoel Delgado

Nenhum comentário:

Postar um comentário