08 abril, 2010

Fruto proibido...



P. 15. Qual foi o pecado pelo qual nossos primeiros pais caíram do estado em que foram criados?
R. O pecado pelo qual nossos primeiros pais caíram do estado em que foram criados foi o comerem do fruto proibido.
Ref. Gn 3.12-13; Os 6.7.

“Então, disse o homem: A mulher que me deste por esposa, ela me deu da árvore, e eu comi.”



“Mas eles transgrediram a aliança, como Adão; eles se portaram aleivosamente contra mim.”

Vimos que pecado é todo desvio da lei de Deus. E que este desvio é a desobediência da vontade revelada de Deus. Embora esta característica seja a de todos os pecados. Há algo de singular neste pecado de Adão, pois com ele uma aliança foi quebrada deslealmente, contra o Criador. A aliança das obras.

É por esta razão que o gênero humano inteiro caiu com a transgressão de Adão, pois Adão era e é o legítimo representante do gênero humano e o que ele fez teria peso não somente sobre ele, mas sobre todos os que ele representou.

E em que consistiu este pecado, o primeiro do gênero humano?

Este pecado consistiu em a mulher e posteriormente o homem, comer o fruto da arvore da “ciência do bem e do mal” dando ouvidos a satanás, a antiga serpente, movidos pelo desejo de serem “como Deus” desobedecendo a sua vontade revelada e ignorando as advertências divinas. Era isto o que estava realmente em jogo proibição de comer a arvore da ciência do bem e do mal.

Fruto proibido?

O que tornou este ato um pecado não foi o fruto em si, mas a proibição divina que dizia para não comer do fruto. O que estava em jogo era a obediência ou desobediência a aliança que Deus estabeleceu. Deve-se lembrar que ao lado da arvore da “ciência do bem e do mal” no centro do jardim estava também a “árvore da vida” que representava a vida eterna na presença do Senhor para aqueles que o obedecem. Os estudiosos de aliança consideram que estas duas árvores são os sinais visíveis da primeira aliança que Deus estabeleceu com os homens, são os sacramentos da primeira aliança. Com a quebra deste mandamento o homem foi expulso do éden e querubins com espadas flamejantes foram colocados a porta do éden para impedir o caminho que conduzia à arvore da vida. Uma porta passa a estar fechada ao homem desde então e esta porta só pode ser aberta por Cristo. Soli Deo Gloria.

“Bem-aventurados aqueles que lavam as suas vestiduras no sangue do Cordeiro, para que lhes assista o direito à árvore da vida, e entrem na cidade pelas portas.”
Apocalipse 22:14

Manoel Delgado

Nenhum comentário:

Postar um comentário