07 outubro, 2010

Muito além da Vingança!

Mateus 5:38-42

“38 Ouvistes que foi dito: Olho por olho, dente por dente.

39 Eu, porém, vos digo: não resistais ao perverso; mas, a qualquer que te ferir na face direita, volta-lhe também a outra;

40 e, ao que quer demandar contigo e tirar-te a túnica, deixa-lhe também a capa.

41 Se alguém te obrigar a andar uma milha, vai com ele duas.

42 Dá a quem te pede e não voltes as costas ao que deseja que lhe emprestes.”


Se eu pudesse definir esta porção das Escrituras com uma frase imperativa seria esta: Não devemos nos vingar!

O Senhor Jesus usa algumas expressões verbais que nos mostram claramente isto. Vejamos: “Não resistais” // “volta-lhe também a outra (a face)” // “deixa-lhe também (capa)” // “vai com ele duas (milhas)” // “Dá a quem te pede”// “Não voltes as costas”

Será que Jesus esta louco?

Por que Ele nos manda ir contra o bom senso? Por que ele nos manda ir contra ao nosso próprio senso de justiça? Por que ele diz que nós devemos abrir mão de algo que é nosso por direito? Será que hoje 2000 anos depois destas palavras nós estamos menos escandalizados do que estiveram aqueles originalmente ouviram estas afirmações no Sermão do Monte?

Irmãos creio, que se nós realmente compreendermos estas palavras nós não estaremos menos incomodados do que aqueles discípulos estiveram. Considerando tudo isto que o Senhor Jesus nos ensinou eu gostaria de refletir com vocês,

Sobre como devemos responder á aqueles que nos agridem:

1. Não me igualando ao perverso na agressão;

Se você se vingar, tramar contra a pessoa, usar os métodos obscuros contra o seu adversário. Você corre o sério risco de se tornar semelhante ao seu agressor. Você em seu zelo de combater o mal pode se tornar um mal pior do que aquele que você combate! Tome cuidado meu irmão e minha irmã. Isto é perigo para a sua alma.

2. Oferecendo mais do que aquilo que nos exigem;

Quando sofremos perseguições injustas e impõem sobre nós duras cargas; podemos nos rebelar contra isto, o que é natural, ou podemos oferecer além do que nos foi exigido, que é o que o Senhor nos ensinou. O inimigo, muitas vezes nos obriga a carregar fardos pesados para nos humilhar e nos fazer desistir. Mas quando nós não nos defendemos e passamos a servir dentro da perspectiva de ir além do exigido: o Senhor libera em nós uma força que não sabíamos que possuíamos. Esta força é o nosso espírito sendo animado pelo Espírito de Deus (Dinamis) a mesma força que ressuscitou o Senhor Jesus de entre os mortos! Passamos a dizer como o Apóstolo Paulo: Quando eu sou fraco é que eu sou forte, pois o poder de Deus vai se aperfeiçoando em nossa fraqueza.

3. Estendendo a mão ao que pede e não somente ao que precisa.

O mandamento de Jesus não diz dá aquele que você entende que precisa. Ou ainda, ajude quem você acha bacana. Não! O que o mandamento está nos dizendo é : Dá ao que te pede. Em outras palavras, ajude a quem pedir ajuda, independente de este algém ser um ingrato, mal, mesquinho interesseiro ou aparentemente não necessitar de ajuda. Ou seja, o Senhor Jesus está nos dizendo que amar o próximo é amar aquele que está mais próximo independente de quem ele seja!

Isto se aplica até ao teu adversário!

E isto por que?

1. A vingança pertence ao Senhor;

2. Respondemos as acusações com o trabalho;

3. A misericórdia triunfará sobre o juízo.

4. Inimigos podem se tornar amigos pelo poder de Deus.

Eu tenho orado por isto!

Manoel Delgado

Nenhum comentário:

Postar um comentário