13 janeiro, 2012

O mal em bem!


O mal em bem.

"Gên 45:1  Então, José, não se podendo conter diante de todos os que estavam com ele, bradou: Fazei sair a todos da minha presença! E ninguém ficou com ele, quando José se deu a conhecer a seus irmãos.
Gên 45:2 E levantou a voz em choro, de maneira que os egípcios o ouviam e também a casa de Faraó.
Gên 45:3 E disse a seus irmãos: Eu sou José; vive ainda meu pai? E seus irmãos não lhe puderam responder, porque ficaram atemorizados perante ele.
Gên 45:4 Disse José a seus irmãos: Agora, chegai-vos a mim. E chegaram-se. Então, disse: Eu sou José, vosso irmão, a quem vendestes para o Egito.
Gên 45:5 Agora, pois, não vos entristeçais, nem vos irriteis contra vós mesmos por me haverdes vendido para aqui; porque, para conservação da vida, Deus me enviou adiante de vós.
Gên 45:6 Porque já houve dois anos de fome na terra, e ainda restam cinco anos em que não haverá lavoura nem colheita.
Gên 45:7 Deus me enviou adiante de vós, para conservar vossa sucessão na terra e para vos preservar a vida por um grande livramento.
Gên 45:8 Assim, não fostes vós que me enviastes para cá, e sim Deus, que me pôs por pai de Faraó, e senhor de toda a sua casa, e como governador em toda a terra do Egito."

       “Vocês intentaram o mal contra mim, mas Deus o transformou em bem.” Com estas palavras José se reconciliou com seus irmãos. Em sua vida não havia mais rancor, tristeza, mágoa ou desejo de vingança. Não o encontramos mais trancafiado. Sua percepção era de que havia forças maiores do que as circunstâncias que ele vivera. Agora ele possuía uma chave capaz de libertar o homem de qualquer prisão. O mal para ele não é um fim em si mesmo.
       O mal para nós é somente mal. Somos incapazes de melhorar o mal. Somente Deus tem o poder de transformar o mal em bem. A maior prova disto é a cruz, nela o maior mal de todos se tornou o maior bem possível.
Deus na cruz transformou o mal em bem. 


Por Manoel Delgado

Nenhum comentário:

Postar um comentário