09 março, 2012

Sacerdote e Sacrifício



Pergunta 25. Como exerce Cristo as funções de sacerdote?
Resposta. Cristo exerce as funções de sacerdote, oferecendo-se a si mesmo uma vez em sacrifício, para satisfazer a justiça divina, reconciliar-nos com Deus e fazendo contínua intercessão por nós. Ref. Hb 9.28; Rm 3.24-26; 10.4; Hb 2.17; 7.25; Is 53.12.

“Assim também Cristo foi oferecido uma só vez em sacrifício, para tirar os pecados de muitas pessoas. Depois ele aparecerá pela segunda vez, não para tirar pecados, mas para salvar as pessoas que estão esperando por ele.” NTLH

            Cristo é verdadeiro sacerdote. Se o profeta é aquele que fala ao povo em nome de Deus, o sacerdote por sua vez, é aquele que em nome do povo se dirige ao próprio Deus. Cristo exerceu ofício sacerdotal de maneira única e infalível. O sacerdote era alguém que precisava se purificar para oferecer sacrifícios a Deus em nome do povo por esta razão era necessário que ele pedisse primeiro por seus pecados. A santidade e a consagração eram exigidas por Deus no ofício sacerdotal.        
           Eles, os sacerdotes, não poderiam se colocar diante de Deus com qualquer traço de impureza. Os sacrifícios sempre se repetiam por que a oferta não era na verdade suficiente para cobrir os pecados. O templo, as vestes, e os rituais não redimiam os pecados, pois eles apontavam para o futuro.
            O ofício sacerdotal do velho testamento foi um grande sinal que apontava para o futuro. E Cristo é aquele que cumpre todas as expectativas com relação a isto. É Ele que adentrou os céus e se ofereceu como sacrifício junto ao Pai e intercedendo por nós aqueles que nele crêem e esperam a sua volta. O seu sacrifício tem valor eterno.
            Neste momento, Ele ainda intercede diante Pai a nosso favor. No seu retorno ele virá em glória para resgatar aqueles que estão cobertos pelo sacrifício do seu sangue!SDG


Por Manoel Delgado

Nenhum comentário:

Postar um comentário