07 março, 2016

BRIGAS CONJUGAIS: SUPERANDO CONFLITOS COM A PALAVRA DE DEUS.


BRIGAS CONJUGAIS: SUPERANDO CONFLITOS COM A PALAVRA DE DEUS.
Por Manoel G. Delgado Júnior. 

Dizem que em briga de marido e mulher ninguém põe a colher! Será mesmo? Creio que a Palavra de Deus tem princípios extraordinários para aqueles casais que desejam superar os conflitos e as tensões do dia a dia. 

Na epístola de Paulo ao Efésios no capítulo quatro versos dezessete a trinta e dois Paulo expõe as características da vida de um cristão redimido. Dentre os vários princípios destacamos quatro que se aplicam ao contexto dos relacionamentos de modo geral e do casamento de modo particular.

PROTEJA AS LINHAS DE COMUNICAÇÃO. Não devemos dar lugar ao diabo. Se tem uma coisa que o inimigo vai tentar fazer se tiver uma oportunidade é destruir as linhas de comunicação. Na guerra se um exército perde as linhas de comunicação ele perde a batalha. Graig Hill no seu famoso curso sobre casamento e família, o VEREDAS ANTIGAS, menciona uma experiência de briga conjugal bastante emblemático. Não me lembro da experiência detalhadamente, mas pelo que me recordo era mais ou menos assim: O Marido decidiu levar a esposa e os filhos para uma sorveteria muito cara, a mesma que a sua querida sempre mencionava, um desejo de consumo. Ele preparou então um convite especial entregou a sua amada e a levou até aquele belo local. A esposa maravilhada, se sentou e também seus filhos ali se aninharam para esperar o pedido. O marido considerando-se muito atencioso e com o propósito de agradá-la ainda mais pensou consigo mesmo: -Minha esposa é muito econômica, para não dizer pão dura! Creio que traze-la neste lugar tão caro foi uma ousadia. Ela pode estar preocupada com os preços elevados dos do cardápio. Vou agora pedir o sorvete mais em conta do local assim, ela vai saber que me importo com ela. Ele pede o item mais barato do cardápio. Ela se ofende profundamente pensando: -Então este é o valor que eu tenho para ele? Ele percebe que algo está errado no semblante dela, e acaba descontando nas crianças, ela por sua vez, defende as crianças, não demora uma briga acontece.

CUIDADO COM AS PALAVRAS. Devemos evitar palavras torpes, devemos falar para a edificação. Cuidado com uso de suas palavras. Cuidando com as afirmações que você faz do seu cônjuge. Substitua a acusação por eu me senti desta maneira, eu imaginei que isto poderia estar acontecendo. Palavras duras podem ser pedras atiradas nos vitrais da vida conjugal. Uma vez atiradas podem trazer um grande prejuízo. Por exemplo casais centrados na Palavra não mencionam o divórcio.

HONRE SEMPRE, COBRE DEPOIS, LEVE SEMPRE DIANTE DE DEUS. Casais inteligentes mesmo brigados continuam se honrando. Pois existe um princípio de respeito na instituição matrimonial. Não exponha para os outros as falhas de caráter do seu cônjuge, não faça piada de suas incoerências, futilidades e vícios. Honre em público, cobre no particular, apresente sempre diante de Deus em oração. Certa vez, nossos amigos se reuniram comigo e minha esposa, éramos recém casados. A Anna ainda não havia nascido. Os nossos amigos nos colocaram contra a parede dizendo: Não vamos mais sair com vocês! Por qual razão nós perguntamos? Eles disseram vocês brigam demais, se depreciam demais, não estão se respeitando. Se for para ser assim toda noite, nós não queremos mais sair com vocês. Não estávamos nos honrando, não estávamos nos respeitando. Estávamos totalmente errados. Graças a Deus alguém nos corrigiu!

PERDOE RAPIDAMENTE. Não deixe o sol se pôr sobre a vossa ira. Perdoe no mesmo dia! Restaure rapidamente. Não faça o jogo do silêncio. Lembre-se a noite mais longa da sua vida é aquela depois de uma briga sem reconciliação. Me lembro de quando era pequeno e os meus pais brigavam. Eles costumavam ficar sem se falar. Como eu era o caçula e ainda criança ficava no meio da guerra fria. Meu pai queria perguntar alguma coisa para minha mãe e dizia: - Júnior fala para a sua mãe que acabou o café! Minha mãe estava ali do lado eu tentava questionar... mas o meu pai me dizia: Eu já falei para falar para a sua mãe! E me voltava para a minha mãe e quando começava a falar ela gritava respondendo: - Eu não sou surda! E então prosseguia: - Diga para o seu pai que se ele quer mais café ele mesmo que faça... Quando um casal briga todos sofrem. Mas o casal sofre ainda mais. Busquem restaurar no mesmo dia. Perdoem rapidamente.



Nenhum comentário:

Postar um comentário