21 março, 2009

O encontro como sentido

A Verdade não é apenas um sinal,
A Verdade é um encontro.
Alguém disse: Eu sou a Verdade.
E este encontro com Alguém também não é passivo.
Podemos dizer que a Verdade vem ao nosso encontro.
O sentido está nas Palavras deste alguém,
A Verdade está neste encontro.
Reduzir a Verdade as palavras
É não compreender o sentido da Palavra.
Negar ao encontro o seu sentido
É negar Aquele que se encontra.
A Verdade se fez palavras
E o Verbo se fez carne.
E se a carne não corrompeu o Verbo.
As palavras não corromperam a Verdade.
E nem lhe sacrificaram o sentido.
O problema já foi definido em Calcedônia,
O Divino santifica o humano
E o Humano não corrompe o divino,
E se tragada foi à morte na vitória.
Definida foi a Verdade nas palavras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário