21 abril, 2014

IMPOSSIBILIDADE E PODER

Impossibilidade e poder.

"E disse-me: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo." 2 Coríntios 12:9
"Porque quando estou fraco então sou forte." 2 Coríntios 12:10b
Não sabemos ao certo qual era o espinho na carne do apóstolo Paulo, mas sabemos que o mesmo foi oportuno para que através dele o apóstolo fosse ainda mais usado por Deus e aperfeiçoado por sua graça. Em nossas vidas não é diferente, todos temos a experiência da impossibilidade e precisamos lidar com limitações em nossa vida diariamente.
Pela passagem sabemos que o apóstolo Paulo não lamentava as suas impossibilidades, pois ele já havia compreendido que Deus poderia trabalhar a partir delas.  Existem pelo menos quatro maneiras pelas qual Deus trabalha a partir das nossas impossibilidades:
I - Através das nossas impossibilidades nos tornamos mais dependentes do Deus onipotente.
Deus é onipotente e nós somos limitados. Paulo compreendia esta verdade.
O Dr. Hernandes dias Lopes defende que a grande descoberta teológica e ministerial do apóstolo Paulo foi a perspectiva da Nova Aliança. E, para este autor, a grande verdade expressa na doutrina da Nova Aliança é de que nada depende de nós, mas tudo depende Deus.
O apóstolo Paulo precisou aprender que os seus dons, cultura e zelo eram insuficientes e ineficazes para fazer a obra de Deus. Ele precisou reconhecer que o poder vem do Senhor e que sem Ele nada podemos fazer.
II - Através das nossas impossibilidades percebemos que não somos perfeitos.
O orgulho é um grande risco na caminhada cristã, capaz de nos desviar do foco e de nos fazer perder o senso da realidade. As impossibilidades são lembretes de que somos imperfeitos, limitados e que não podemos esquecer de que somos inteiramente dependentes de Deus.
Sobre esta passagem, Matheus Henry afirma que Deus costuma obter o bem do mal para que as repreensões de nossos inimigos nos protejam do orgulho. Se Deus nos ama, evitará que nos exaltemos sem medida; as cargas espirituais estão ordenadas para curar o orgulho espiritual.
III - Através das impossibilidades nos tornamos abertos e sensíveis para recebermos ajuda.
Deus é poderoso para operar em nossas vidas. Mas, muitas vezes, o Seu poder se manifesta a partir de pessoas concretas. De gente que estende a mão quando mais precisamos, de pessoas que se dispõem a ajudar nos momentos que mais necessitamos. De pessoas concretas que estão à disposição para trazer uma palavra, para estar próximo ou até mesmo demonstrar a sua lealdade em silêncio.
Eu louvo ao Senhor pelas impossibilidades, por que através delas tenho percebido as muitas pessoas que se levantaram, como a resposta de Deus, nos momentos  em que eu mais necessitei de ajuda.
Quando somos autossuficientes realizamos menos do que quando nos abrimos para receber ajuda.
IV - Através das nossas das nossas impossibilidades o poder de Deus se manifesta.
Por todos estes fatores podemos juntamente com apóstolo dizer que através das nossas fraquezas, temores, limitações e impossibilidades a Graça e o Poder de Deus se manifestam.

Pastor Manoel Delgado Jr.
Professor de teologia
Pastor da Igreja Presbiteriana de Lucas do Rio Verde.
Especialmente desenvolvido para a WEB Rádio Há Esperança.

[1] Várias são as tentativas de definir o que seria o “espinho na carne’ do apóstolo Paulo para alguns interpretes seria uma enfermidade, para outros, opositores do ministério do apóstolo, ou quem sabe ainda alguma coisa relacionada com o temperamento ou caráter do próprio apóstolo.
[2] LOPES, Hernandes Dias, Paulo, o maior líder do cristianismo. Ed. Hagnos.
[3] Fonte Comentário Bíblico de MH, disponível na Bíblia digital E-sword.


Nenhum comentário:

Postar um comentário