31 julho, 2017

QUANDO DEUS FICA EM SILÊNCIO.


QUANDO DEUS FICA EM SILÊNCIO.
Ainda quando clamo e grito, ele exclui a minha oração. Lamentações 3:8

Em minha peregrinação como pregador do evangelho, tenho aprendido a ouvir o Senhor. Faz parte da jornada de cada ministro da palavra, discernir semana após semana a mensagem que o Senhor tem para o seu povo ali reunido publicamente com o propósito de ouvi-lo. Quem almeja ser um pregador precisa: De Deus ouvir as palavras, discernindo nele A PALAVRA e assim transmiti-la aos homens. Existem muitos processos envolvidos neste trabalho. Oração, discernimento, percepção dos propósitos do Senhor, esmero no estudo das Escrituras. Um trabalho artesanal, pessoal e único. Que se repete a cada semana, a cada dia, em muitos lugares em muitas comunidades cristãs. A palavra revelada e infalivelmente registrada, agora precisa ser iluminada e transmitida por meio do Espírito. Assim a igreja é edificada.
Contudo, existem ocasiões, onde o Senhor parece em silêncio. Onde a aridez domina o processo perceptivo de sua palavra. Quando os céus se fecham e não se ouve nenhum som. Nada podemos perceber, ou dizer. Folheamos páginas de livros e do livro. Mas nada discernimos, clamamos ao céu. Mas eis que o céu se revela compacto como chumbo, e os nossos corações duros como rocha. São horas em que a inquietação toma conta de nossas almas e somos abatidos em nossas próprias cogitações. Onde nos desesperamos em meio ao seu total silêncio e forçosamente reconhecemos que sem Deus, nada podemos fazer. Muitos tentam negar o silencio, recorrendo a voz de outros, ou quem sabe ao que já nos foi dito em outras épocas. Mas o Maná não pode ser retido por muito tempo, e o orvalho não costuma regar o solo durante as noites escuras da alma.        

São vários os sentidos do silencio de Deus. Não convém esgotar todos neste momento. Mas diante de sua negativa em nos responder, convém refletir sobre algumas razões do seu silêncio.
DEUS PODE ESTAR EM SILÊNCIO, PORQUE O TEMOR DO SEU NOME DESAPARECEU (SALMO 25:14).

Ø  NÃO O TEMEMOS,
Ø  NÃO O BUSCAMOS

DEUS PODE ESTAR EM SILÊNCIO, PORQUE AS SUAS PALAVRAS NÃO SÃO SERIAMENTE CONSIDERADAS (JO.10:27). As minhas ovelhas ouvem a minha voz; eu as conheço, e elas me seguem.

MINHAS OVELHAS ME OUVEM

Ø  DIFERENÇA ENTRE OUVIR E ESCUTAR

MINHAS  OVELHAS ME SEGUEM

Ø  ORTOPRAXIA

DEUS PODE ESTAR EM SILÊNCIO, PORQUE A IMORALIDADE É TOLERADA E EXALTADA (ROM. 1:21-32)

Ø  POR TRÊS VEZES TEMOS A EXPRESSÃO “ENTREGOU”

DEUS PODE ESTAR EM SILÊNCIO, POR CAUSA DOS NOSSOS PECADOS (ISAÍAS 59:1-15);

DEUS PODE ESTAR EM SILÊNCIO SIMPLESMENTE PORQUE NÃO QUEREMOS OUVIR A SUA VOZ (MT.23:37).
Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas, e apedrejas os que te são enviados! quantas vezes quis eu ajuntar os teus filhos, como a galinha ajunta os seus pintos debaixo das asas, e tu não quiseste!

CONCLUSÃO: Deus está em silêncio ou nós temos banalizado as suas palavras?

Nenhum comentário:

Postar um comentário